Publicidade - OTZAds

Cartão de crédito para empresa vale a pena?

Se você está começando a empreender, ou mesmo se já administra alguma há tempos, com certeza já ouviu falar do melhor cartão de crédito para empresas.

Mas não pense você que o cartão para pessoa jurídica funciona apenas como status. Ele também oferece alguns benefícios para sua empresa, inclusive no fluxo de caixa.

No entanto, há também aqueles que acreditam que não há necessidade de se ter um cartão exclusivo para a empresa e que o mesmo que se usa em pessoa física pode suprir a necessidade. Afinal, ter que administrar dois cartões pode acarretar em alguns riscos.

Então, contratar um cartão pj vale ou não a pena? É exatamente o que se busca explicar neste conteúdo. Aqui, você vai descobrir as vantagens e desvantagens, como usá-lo de forma benéfica e os cuidados que são necessários tomar. 

Publicidade - OTZAds

Continue a leitura e descubra se cartão de crédito para empresa vale a pena?

Como funciona o cartão de crédito para empresa

Para você conseguir entender melhor as dicas deste post, vale a pena ter bem claro como funciona o cartão para empresa.

Se você já tem um cartão pessoa física, a lógica é a mesma. Porém, para conseguir acesso a um dessa categoria, é necessário ter um CNPJ – Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – ativo, ou seja, o status positivo de que uma empresa está totalmente regularizada a desenvolver suas atividades econômicas.

Além disso, muitas instituições financeiras, antes de conceder acesso ao cartão empresarial, fazem uma análise de crédito onde se verifica se o consumidor realmente tem condições de pagar pelo crédito solicitado.

Vale lembrar que cada banco é livre para criar suas próprias políticas para definir se sua empresa está ou não apta e ter um cartão ou qualquer outro serviço disponibilizado por eles.

Vantagens do cartão de crédito empresarial

Agora que você já tem um pouco mais claro sobre o que é e como funciona um cartão de crédito pj, é hora de começar a conhecer um pouco mais sobre as vantagens de ter este tipo de forma de pagamento na sua empresa. 

Separação de gastos pessoais

O primeiro grande benefício de se ter um cartão de crédito exclusivo para pagar contas e fazer compras da sua empresa é conseguir separar o que é gasto corporativo do que é gasto pessoal.

Este fator é mais importante ainda quando você tem sócios, pois conseguir conciliar os gastos individuais de cada um, mais o que foi comprado para a empresa, é muito difícil.

Então, sem se aprofundar muito em detalhes, a separação de gastos pessoais dos gastos corporativos já pode ser considerada uma grande vantagem de se ter um cartão para pessoa jurídica.

Publicidade - OTZAds

Centralização de custos

Quando se administra uma empresa, é primordial ter muita clareza de todo valor que entra e sai do seu caixa. É com isso que você vai analisar se o lucro obtido compensa o custo mensal para mantê-la e não ir à falência.

Por este motivo, tudo o que puder ser feito para facilitar a compilação e acompanhamento desses dados é importante.

Partindo deste raciocínio, uma forma de facilitar essa compilação é centralizando todas as transações financeiras do negócio em um único local, que pode ser o cartão de crédito.

Limite mais alto

Não se trata de uma regra, mas quando se tem uma cartão ou uma conta pj, o limite de crédito tende a ser mais alto que o de pessoa física.

É claro que é preciso muito cuidado para manter a organização financeira e não gastar mais do que deve. Porém, quando se tem um bom limite, se tem também um maior poder de compra.

Você pode, por exemplo, fazer compras parceladas de matéria-prima, ou a prazo, e receber à vista do seu cliente. Isso significa maior fluxo de caixa para investir ou aproveitar oportunidades, por exemplo.

Taxas de juros mais baixas

Aqui também não se trata de uma regra, mas é comum que as taxas de juros sejam mais baixas quando se fala em cartão pj.

Isso acontece porque as instituições financeiras entendem que o risco de inadimplência da pessoa jurídica é menor que o risco para pessoas jurídicas. Assim, permite taxas mais atrativas para negociação.

Possibilidade de isenção na anuidade

A chegada das fintechs no Brasil deixou o mercado de crédito mais competitivo, principalmente em relação aos grandes bancos.

Um dos benefícios disso é a isenção da anuidade do cartão. Parece pouco, mas não precisar pagar essa taxa possibilita usar o dinheiro e investir em outras coisas para a própria empresa. Afinal, toda pessoa que administra uma empresa sabe da importância de cortar cada centavo para conseguir ter bons lucros.

Um exemplo disso é a conta Digital Cora, destinada a pequenas e médias empresas que oferece, além da isenção da anuidade, uma conta corrente pj gratuita.

A missão da Cora é oferecer um serviço eficiente, descomplicado e acessível à rotina dos mais diferentes perfis empreendedores.

Publicidade - OTZAds

Cuidados com o cartão de crédito para empresa

Em resumo, os benefícios de se ter um cartão de crédito pj na sua empresa são muito maiores que as desvantagens. E a resposta à pergunta do título deste texto é: sim, vale a pena ter um para o seu negócio.

Porém, assim como tudo na vida, é muito importante ter cautela ao usar o cartão de crédito. Isso porque os juros desta modalidade tendem a ser um dos mais altos no país.

Então, a principal dica para evitar dores de cabeça é: faça controle de tudo o que é gasto nele e corte o uso imediatamente quando perceber que se está gastando acima do esperado.

Defina uma boa política de uso e um teto de gasto, do contrário, os gastos podem virar uma bola de neve.

Mas lembre-se: não é apenas o cartão de crédito que não pode sair do controle. Administrar uma empresa requer muita atenção, cautela e organização. Utilize ferramentas e serviços que te ajudem a controlar de forma rápida, eficaz e confiável tudo o que envolve sua empresa. 

Fazendo isso, com certeza a saúde financeira da companhia estará sempre em dia e você atingirá suas metas mais rápido que o esperado.

+ posts

Escrever um comentário

99 − 91 =