Saiba o que um detetive pode e não pode fazer

Saiba o que um detetive pode e não pode fazer

Saiba o que um detetive pode e não pode fazer – Muitas pessoas pensam em detetive particular e julgam que tudo são flores, igual é mostrado em filmes e séries. Contudo, essa profissão precisa ser realizada seguindo diversas normas e regras bem importantes.

Sendo assim, quem deseja seguir essa profissão precisa saber e ter na ponta do lápis o que pode e o que não pode fazer durante a execução da investigação.

O que o detetive particular pode fazer?

Ao realizar uma investigação, o detetive particular precisa adotar algumas medidas e ações necessárias para o sucesso da condução do trabalho. Sendo assim, o profissional pode realizar as tarefas tomando as seguintes atitudes:

Espionar o investigado

Uma das principais tarefas de um detetive é observar e espionar a pessoa investigada com o intuito de coletar provas sobre o suspeito. Porém, para executar essa tarefa, o profissional precisa ser extremamente discreto, além de manter o sigilo durante a execução do serviço, de modo a evitar ser descoberto.

Execução do trabalho em parceria com as autoridades

Quando se trata de um caso que envolva a polícia o detetive particular pode sim, trabalhar com essa autoridade, contudo, mediante a uma autorização feita pelo mesmo e pelas partes envolvidas do possível crime.

Utilizar recursos tecnológicos ao seu favor

No momento de coleta de informações, muitos profissionais se utilizam dos recursos tecnológicos, assim como drones, software espião, escutas, gravadores de áudio, entre outros equipamentos que auxiliam na coleta de informações. Esses itens são um dos grandes aliados do detetive particular na hora de esclarecer os fatos e pontos de interrogações pelos quais foi contratado.

O que o detetive particular não pode fazer?

Mesmo podendo investigar sobre a vida das pessoas, existem alguns pontos e limites que devem ser obedecidos pelo detetive particular. Desta forma, é proibido que a realização das seguintes ações:

Grampear celular

Um ponto importante a ser ressaltado e que não pode ser feito pelo detetive em sua investigação é invadir a privacidade do investigado, através de um grampo telefônico, visto que essa ação é considerada crime e pode levar o profissional a cadeia.

Quebra de sigilo

Ao assumir uma investigação é colocado em contrato que é estritamente proibido contactar a imprensa e dar declarações públicas e não públicas sobre o rumo do serviço que está sendo realizado. Todas as informações como detalhes do caso, provas, clientes e pessoas envolvidas são confidenciais.

Usar roupas que chamem atenção

O trabalho de um detetive particular é ser extremamente discreto, por isso, jamais o profissional deve usar roupas que chamem a atenção de alguma forma, para evitar ser notado ao entrar e sair dos locais a serem investigados. Além disso, o detetive não pode e não deve usar fardamento e muito menos distintivo policial na hora da investigação.

Legislação que rege a profissão:

Em 2017 foi sancionada uma lei que rege a profissão de detetive particular e a torna reconhecida através da Lei 13.432/2017. Nela considera que o detetive particular é aquele que, por conta própria ou de forma de sociedade civil, ou empresarial, coleta informações e dados, para o esclarecimento de problemas e assuntos de interesse privado do cliente.

Contudo, assim como todas as leis, ela possui alguns pontos importantes que devem ser seguidos e observados pelo profissional, tais como:

  • O profissional pode colaborar com investigação policial em curso ou já arquivadas, mediante a uma autorização do cliente e do delegado de polícia;
  • O detetive deverá preservar o sigilo de fontes e respeitar direito à intimidade, privacidade, honra e a imagem dos envolvidos;
  • É proibido aceitar serviços que contribua para a prática de crimes;
  • Nunca divulgar os meios e os fins da coleta de informações salvo em defesa própria.

Assim como tudo nessa vida é preciso seguir as normas e as leis estipuladas para esse tipo de profissão, de modo a manter um trabalho transparente e de qualidade.

Leia Também:

Investigação Virtual: Conheça os principais tipos

Leave a Reply