Comprar empresa: dicas de como avaliar uma empresa antes comprá-la

Comprar empresas pode ser uma excelente oportunidade tanto para expandir os negócios quanto para começar a empreender. Adquirir no mercado uma companhia que já está estabelecida pode implicar em menores riscos e trazer maior geração de valor aos negócios.

Para uma aquisição estratégica realmente gerar valor é preciso fazer uma avaliação da empresa que será adquirida, entendendo quais as vantagens de comprá-la. Isso inclui entender as sinergias que podem ser implementadas a partir da transação.

Portanto, saber como o alvo de aquisição está posicionado no mercado é essencial, além de avaliar qual a situação financeira, os riscos que o negócios traz e como a empresa pode oferecer benefícios após a finalização do negócio.

Como avaliar uma empresa

É preciso ter um pouco e cuidado na hora de fazer a avaliação de uma empresa antes de comprá-la, e alguns passo são essenciais durante esse processo:

  1. Posicionamento no mercado

Como a empresa está posicionada no mercado frente aos seus concorrentes? Essa é uma pergunta que o adquirente deve fazer quando começar a avaliar o alvo de compra. Isso faz parte de uma avaliação estratégica sobre a companhia e dará elementos para entender se ela agregará valor após a transação.

  1. Avalie o setor

Analisar o mercado também inclui fazer previsões sobre como o setor no qual a empresa está posicionada está andando. É sempre importante fazer essa avaliação para entender se é o melhor momento de investir em uma campanha desse segmento, e como a atual conjuntura econômica atual influencia diretamente nos negócios e resultados da empresa.

  1. Analise a situação financeira

É sempre importante ter o histórico financeiro da companhia, entendendo como os passivos estão sendo administrados e qual a perspectiva de crescimento que ela tem. Nessa conta entra também um mapeamento de riscos contábeis, financeiros, tributários, entre outros.

  1. Relacionamento com fornecedores e clientes

Entender como a empresa se relaciona com seus fornecedores e qual a imagem da marca perante os clientes também é uma forma de avaliar a empresa. Essa análise dará mais elementos para saber se a companhia possui boas vendas e se tem uma reputação positiva no mercado

  1. Calcule o valor justo

É preciso também entender qual o valor justo para a aquisição do negócio. Isso não se traduz apenas em números, mas também nas sinergias que podem ser implementadas após a aquisição. Primeiramente, o valuation da empresa ajudará a entender quanto que a empresa vale. Esse não é um número único, podendo depender da metodologia utilizada para esse cálculo.

O valuation pode ser calculado a partir de alguns métodos. São eles:

  1. Fluxo de caixa descontado: essa estimativa dará um resultado sobre o quanto a empresa deve lucrar no futuro, descontando os riscos que ela deve ter.
  1. Múltiplos: avaliação feita com base na comparação de seu desempenho frente a companhias concorrentes ou semelhantes do mercado.
  1. Patrimônio: avaliação do valor patrimonial da companhia, incluindo todos ativos de uma empresa.

Fazer essas avaliações não garante o sucesso da transação, mas é um passo importante para reduzir os riscos durante a negociação. Mas para que de fato se tenha maior perspectiva de geração de valor a partir da aquisição, é necessário implementar as sinergias que foram mapeadas. Esse é um processo a ser executado após a venda.

Por isso, a negociação para comprar empresas sempre será melhor executada se o empreendedor contar com o auxílio de uma assessoria especializada que, inclusive, ajudará a fazer uma avaliação profissional da companhia que é o alvo de compra do empreendedor.

Fonte: Capital Invest – assessoria especializada em fusões e aquisições.

Escrever um comentário

÷ 1 = 4