Monitoramento e Rastreamento GPS – Como funciona esses serviços para uma transportadora?

monitoramento e rastreamento

Monitoramento e Rastreamento – O transporte de mercadorias é algo que exige bastante cuidado na hora de manter a segurança dos produtos enviados pelos clientes, sob pena de ter que arcar com os valores caso se perca ou seja roubada estando em responsabilidade da transportadora.

Para tanto, cuidados como monitoramento e rastreamento das cargas devem ser tomados na hora do transporte desses itens, portanto, vale a pena dispor desse tipo de serviço para evitar imprevistos que venham a causar problemas.

Com isso, caso venha a ocorrer qualquer problema com o transporte, torna-se desnecessário partir para uma investigação empresarial ou contratar um detetive particular em São Paulo. Dessa forma, se deseja aprender um pouco mais a respeito dessa ferramenta, continue a leitura do artigo e descubra um pouco mais sobre o tema.

Quanto tempo dura a bateria do aparelho?

A duração da bateria do aparelho pode variar bastante de acordo com o modelo escolhido para utilização. Geralmente, essas baterias possuem uma duração de 30 dias até a próxima recarga, o que proporciona aos motoristas uma maior comodidade na hora de realizar grandes deslocamentos sem precisar estar carregando o equipamento.

Em outros casos, é possível encontrar equipamentos com baterias que chegam a durar até 2 anos, no entanto, o custo deles serão mais altos que os normais.

Posso usar os serviços de monitoramento GPS em qualquer veículo?

Os serviços de rastreamento podem sim ser usados em qualquer tipo de veículo, desde que seja acionado pelo proprietário. Atualmente, em modelos mais modernos de motos e carros, o sistema de GPS já vem incluso na multimídia do carro, o que facilita o trabalho de quem deseja adicionar esse sistema ao seu carro.

Portanto, basta apenas contratar o serviço de monitoramento 24 horas por uma empresa que realize esse tipo de trabalho e pronto, você já pode transitar em segurança. Isso vale também para motos, onde é possível instalar o GPS que em caso de roubo ou furto, servirá como rastreador para encontrá-la e tomar posse novamente do bem.

Com essa facilidade no monitoramento dos veículos, o bem se torna mais protegido e o proprietário dispõe de mais segurança na hora de dirigir pelas estradas do país, haja vista os elevados índices de violência que assolam o Brasil.

O aparelho rastreador bloqueia o veículo em caso de emergência?

Os rastreadores possuem uma utilidade bastante interessante para aqueles que necessitam utilizá-los em caso de emergência. Geralmente, os motoristas ativam a função através de um botão de emergência que pode ser acionado por eles, de forma discreta para não chamar atenção. Esse recurso oferecido pelo rastreador bloqueia o veículo impedindo que ele ligue ou se mova após acionado o botão.

Ele deve ser utilizado em casos de emergência onde o motorista tem o veículo roubado, fazendo com que se torne impossível para o ladrão ligar o caminhão ou carro e sair com ele em movimento.

Dessa forma, é um recurso bastante útil principalmente para transportadoras que trabalham com produtos e bens de consumo, o que acaba por atrair bastante a atenção de pessoas mal intencionadas, haja vista os altos valores que geralmente são pagos nesses produtos como celulares, computadores, eletrodomésticos, entre outros.

Portanto, é de grande importância as transportadoras disporem de rastreadores. Além disso, graças a função de rastreio, é possível entrar em ação e acionar equipes de busca para recuperar o veículo roubado.

Todo o percurso fica salvo no histórico do sistema, sendo possível ter acesso a data e hora em que o motorista passou em determinado local, o que permite um maior controle e uma maior segurança para os donos de transportadoras, evitando assim fraudes e imprevistos.

Como é cobrado os serviços de rastreamento gps para transportadora?

Geralmente as empresas utilizam o formato de mensalidade para o rastreio e monitoramento de veículos. Dessa forma, os donos de transportadoras contratam os serviços das empresas de monitoramento, pagando pelo software e pela instalação no veículo.

Toda a manutenção desses aparelhos é feita pela empresa contratada, que irá atuar como responsável por todo o monitoramento, rastreamento e manutenção dos aparelhos. Portanto, é firmada uma espécie de parceria entre a transportadora e a de monitoramento. Há a possibilidade de firmar outras formas de pagamento dos serviços prestados, que podem ser através de porcentagens em cima de cada viagem, etc. O contrato é livre e pode ser firmado de acordo com a vontade das partes.

Tipos de tecnologias utilizadas no rastreio

GPS: esse tipo de tecnologia é utilizada através da triangulação dos aparelhos de rastreio no veículo e de satélites que realizam a captação desse sinal. O grande ponto negativo desse tipo de tecnologia é que são necessárias grandes antenas para transmissão do sinal, o que acaba de certa forma se tornando um pouco inconveniente para transportar por aí;

Radiofrequência RFID: esse meio é menos utilizado que o GPS, no entanto, ele funciona através de um chip que recebe sinais de dados emitidos pelo transmissor acoplado no veículo;

GPRS: esse sistema caiu em desuso a bastante tempo e funciona através de ondas de rádio emitidas pelo transmissor, que não oferece tanta precisão quanto os já mencionados anteriormente.

Gostou do conteúdo sobre monitoramento e rastreamento? Clique aqui e tenha outras informações em nossa categoria.

Leave a Reply